Ei Cristão, onde está sua paixão?

EU NÃO AGUENTO MAIS! Simplesmente não consigo mais ver minha geração “Deitada eternamente”, se deleitando na passividade. E a maioria desses jovens vieram de lares cristãos e são ótimas pessoas. São obedientes, respeitam os pais, não são rebeldes, não se envolvem com drogas, bebida, sexo ou imoralidade, entretanto são extremamente avulsos em relação a Deus. Estão dentro da igreja, mas não se envolvem, não se dispõem, não dão lugar ao Espirito Santo. São mornos e sabemos como isso vai acabar. 
Em Marcos, vemos Jesus realizando um milagre que pode te ajudar a entender sobre o que eu estou falando. 
“A seguir Jesus saiu dos arredores de Tiro e atravessou Sidom, até o mar da Galiléia e a região de Decápolis. Ali algumas pessoas lhe trouxeram um homem que era surdo e mal podia falar, suplicando que lhe impusesse as mãos. Depois de levá-lo a parte, longe da multidão, Jesus colocou os dedos nos ouvidos dele. Em seguida cuspiu e o tocou a língua. Então voltou os olhos para o céu e, com um profundo suspiro, disse-lhe: “Efatá!” (Que significa abra-se). Com isso, os ouvidos do homem se abriram, sua língua ficou livre e ele começou a fala corretamente. ” Marcos 7:31-35
Imaginem a cena: Jesus se depara com um homem que estava, ao mesmo tempo, surdo e gago. Ele até falava, mas ninguém o entendia bem. Um milagre estava para acontecer ali. Cristo o separou da multidão, tocou-lhe e ao dizer “Abra-te” o homem foi curado, ouvia e falava normalmente. 
Essa história, assim como tudo na bíblia, não está ali por acaso, ele tem um significado muito importante para nós hoje. Tenho esbarrado constantemente em surdos e gagos espirituais, em muitos lugares por onde tenho passado. Eles Não assimilam a voz de Deus, não tem comunhão e intimidade com seu Espírito, e isso é muito angustiante. Não só para mim, mas para todos que acreditam que essa é a geração que vai ver a segunda vinda de Jesus e que vai preparar o caminho. 
Estar dentro de quatro paredes de um templo não te leva para o céu. Na verdade, pode te levar mais rápido pro inferno. Ali dentro você parece viver uma vida com Deus, mas essa vida na realidade acontece quando você sai dali. Minha esperança é saber que esses jovens não fecharam os ouvidos para Deus, eles não rejeitam a sua voz, o seu problema é apenas um, a falta de paixão. 
Deus não nos chamou apenas para sermos bons cristãos, ele nos chamou para levar as boas novas, libertar os cativos e lutar contra os principados e potestades. Nós precisamos ganhar almas! A única esperança de cura para o homem surdo e gago era chegar a Jesus. Ele precisava de um encontro pessoal com Ele. Esses jovens precisam chegar a Jesus Cristo. 
Se você é um desses jovens que se sente confuso sobre Deus, sobre o evangelho e sobre a vida, eu te entendo. Se você se sente surdo para a voz de Deus e gago para expressar sua adoração, se sente distante de Deus, eu te entendo. Também já me senti assim.  Nós vemos coisas horríveis hoje em dia, tanta gente sendo morta nos confrontos armados, guerras, desastres naturais que matam centenas em minutos. Vemos pastores que pregam contra a verdade do evangelho. Um país cheio de corrupção. “Onde Deus está diante de tudo isso? ” você diz. Eu também já disse isso. Mas o mundo só chegou a esse ponto de profunda destruição e derrota por querer ser donos de si mesmos, cuidar das suas vidas e excluir Deus dos seus lares. 
Na história do milagre, o homem foi levado a Jesus. Não sabemos se foram seus amigos ou parentes mas alguém o levou até lá, ele não foi sozinho. Assim como eu fui levado a Cristo pelos meus pais. Porém ele só recebeu a cura dos seus males quando teve um encontro pessoal com Jesus, e é isso que você e eu precisamos! Clame pela cura. Busque relacionamento com o Espirito Santo e Ele te levará a conhecer o Filho. Jesus não te constrange ou expõe, ele te chama para ser curado na intimidade. 
Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós outros. Purificai as mãos, pecadores; e vós que sois de ânimo dobre, limpai o coração.” Tiago 4:8 

Se você não é esta pessoa necessitada, mas conhece alguém que está passando por isso, ore por ele assim: “Senhor, tome meu filho, meu parente, meu amigo, leva-o para longe da multidão. Faça com que ele fique isolado, sozinho contigo e dá-lhe o teu toque pessoal. Faça com que ele tenha um despertamento particular e pessoal. Que seja uma experiência profunda e sobrenatural contigo”.

Baseado no estudo “Um clamor sem voz” de David Wikerson. 

Deus te abençoe!
Vinicius Castro
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s